Curso a ser lecionado no ISCAP no ano letivo 2016/17
+ info.

Gestão de Bibliotecas Escolares

Geral

O Curso de Especialização Pós-Graduada em Gestão de Bibliotecas Escolares enquadra-se numa área de formação convergente no que concerne à gestão de organizações informacionais de natureza educacional, pois adota uma abordagem holística da Ciência da Informação e da Educação. A interação destas duas áreas, completadas pelas Tecnologias da Informação e Comunicação garantem, por um lado, a adequabilidade ao contexto e, por outro, a qualidade das competências a adquirir.

Enquadramento

Em 1997, foi lançado o Programa Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), numa parceria entre os Ministérios da Educação e da Cultura, com o intuito de dotar as escolas portuguesas de bibliotecas e centros de recursos alinhados com as melhores práticas definidas pelas organizações internacionais, nomeadamente a UNESCO e a IFLA.

Desde o início do Programa RBE, as escolas puderam candidatar-se a financiamento para a criação e remodelação de bibliotecas escolares. O Programa foi sendo sucessivamente alargado e hoje a RBE abrange cerca de 2000 bibliotecas escolares, desde o ensino pré-escolar até ao ensino secundário, incluindo o 2º e 3º ciclos do ensino básico. No quadro organizacional das escolas, a biblioteca passou a ser encarada como um serviço inovador habilitado para impulsionar e apoiar práticas educativas consentâneas com a Sociedade da Informação e do Conhecimento.

A partir de 2009, com a Portaria n.º 756/2009, atualizada com a Portaria n.º 76/2011, uma das vertentes mais enfatizadas deste Programa passou a ser a qualificação dos recursos humanos, com a criação da função do professor bibliotecário e a definição de procedimentos de seleção e afetação de recursos humanos. A este o quadro legal alia-se a procura de formação especializada para o desempenho das funções e atividades inerentes às Bibliotecas Escolares, altamente influenciada pelo atual ambiente educativo, fruto da (r)evolução tecnológica e da globalização. Do ensino baseado no conteúdo passou-se para o ensino baseado em competências. Esta alteração enfatiza a natureza do processo Ensino-Aprendizagem, conduz a mudanças nas metodologias empregues, abrange obrigatoriamente a literacia da informação e incluí, naturalmente, a aprendizagem autónoma e colaborativa. Estas mudanças no contexto educativo têm repercussões nos responsáveis pelas bibliotecas escolares instigando-os a adotarem práticas profissionais adequadas ao atual cenário.

Destinatários

São destinatários do Curso de Especialização Pós-Graduada em Gestão de Bibliotecas Escolares os Professores do Ensino Básico e do Ensino Secundário e Educadores de infância que desempenhem ou pretendam desempenhar funções no âmbito das bibliotecas escolares.

Bacharéis ou licenciados em qualquer área que pretendam adquirir ou aprofundar conhecimentos para o exercício de funções no âmbito das bibliotecas escolares.

O Curso de Especialização Pós-Graduada em Bibliotecas Escolares destina-se preferencialmente a candidatos que estejam qualificados profissionalmente para a docência ou que tenham prática de ensino.

Competências

Em consonância com o definido no Despacho conjunto n.º 198/99, de 3 de março, onde são apontadas as competências dos titulares de formação especializada na área da Comunicação Educacional e da Gestão da Informação no âmbito dos Centros de Recursos Educativos, e da Portaria 756/2009, de 14 de julho, que estabelece o conteúdo funcional do Professor Bibliotecário, o Curso de Especialização Pós-Graduada em Gestão de Bibliotecas Escolares promove a aquisição das competências gerais e específicas a seguir elencadas.

Competências gerais:

  • Alinhar a estratégia da biblioteca escolar com o projeto educativo da escola, envolvendo todos os seus atores.
  • Dinamizar e colaborar em procedimentos de inovação educacional, ao nível da aprendizagem e da inclusão social.
  • Definir um plano de desenvolvimento de coleções, recursos e de serviços da biblioteca escolar, atendendo às necessidades de informação da comunidade escolar e às condições de aprendizagem.
  • Desenvolver projetos de trabalho colaborativo, cooperativo com outras bibliotecas, outras escolas ou outras entidades locais.
  • Promover o papel do professor-bibliotecário como agente de mudança e melhoria no contexto escolar.

Competências específicas:

  • Colaborar com os professores e os encarregados de educação no sentido de apoiar as necessidades informacionais dos alunos.
  • Gerir recursos informacionais, utilizando métodos e técnicas de seleção, avaliação e de tratamento da informação.
  • Promover a utilização dos recursos informacionais da biblioteca para fins curriculares e extra-curriculares da escola ou do agrupamento de escolas.
  • Utilizar as aplicações Web 2.0 para tornar acessível e difundir informação e como ferramenta de comunicação organizacional da biblioteca escolar.
  • Elaborar e realizar um diagnóstico completo do sistema de informação, propor soluções originais e adaptadas ou um plano estratégico de reorganização.
  • Promover o estudo dos usos da informação na biblioteca escolar, de maneira a definir e implementar programas de formação de utilizadores orientados para as competências informacionais.
  • Aplicar técnicas de pesquisa e seleção da informação adequadas às necessidades dos atores educacionais.
  • Elaborar, desenvolver e avaliar a implementação de um projeto no âmbito da biblioteca, envolvendo a comunidade escolar.

Plano de Estudos

Unidade Curricular CRÉDITOS CARGA LECTIVA
Psicologia Educacional 2 24h
Gestão da Biblioteca Escolar 4 32h
Organização da Informação na Biblioteca Escolar 4 32h
Tecnologias para a Gestão da Biblioteca Escolar 3 28h
Práticas Informacionais de Crianças e Jovens 3 28h
Leitura e Literatura Infantil e Juvenil 2 24h
Recursos de informação para a biblioteca escolar 3 28h
Gestão de Projecto em Serviços de Informação 5 40h
Aplicações e Práticas Web 2.0 na Biblioteca Escolar 2 24h
Comunicação e Promoção da Biblioteca Escolar 2 24h

Autenticação

Utilize as mesmas credenciais de acesso ao Portal Académico