Curso a ser lecionado no ISEP no ano letivo 2016/17
+ info.

Engenharia e Gestão Industrial

Geral

Objetivos

A Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial visa a formação de engenheiros industriais de nível superior, com uma sólida preparação em ciências de engenharia, cobrindo os domínios da Gestão da Produção, Logística Industrial, Engenharia da Qualidade, Higiene e Segurança no Trabalho, Tecnologias e Sistemas de Informação e Tecnologia Industrial e Automação, entre outros, conferindo-lhes competências de base para a realização de projetos de análise, melhoria e otimização de processos, técnicas de liderança e de resolução de problemas, trabalho em equipa, gestão de projetos, comunicação oral, escrita e multimédia, bem como a utilização de ferramentas e aplicações informáticas atuais.

Competências Gerais

  • Evidenciar a capacidade de adquirir, seleccionar, analisar, processar e utilizar informação, praticar uma reflexão critica e agir metódica e sistematicamente.
  • Demonstrar capacidade de liderança, capacidade de iniciativa, adopção de atitudes assertivas, flexibilidade, adaptabilidade e aptidão para aprender rapidamente; demonstrar competências de comunicação oral e escrita utilizando a terminologia técnica adequada.
  • Evidenciar e aplicar competências inerentes à resolução de problemas: competências para a identificação e análise de problemas na prática profissional e desenvolvimento de soluções eficazes para a sua resolução, no sentido da optimização e da melhoria contínua dos diversos sistemas e, em particular, reconhecer e analisar estruturada e sistematicamente um problema de Engenharia.
  • Antever ou reconhecer, avaliar, planear, organizar e desenvolver processos de mudança.

Competências Específicas

  • Traduzir situações problemáticas através de modelos matemáticos adequados e resolver problemas aplicando ferramentas de cálculo, interpretando e aplicando estes conceitos na resolução de problemas de engenharia.
  • Analisar problemas e produzir a sua solução com linguagens/ferramentas de programação, identificar os componentes de um sistema de gestão de bases de dados; saber aplicar as competências adquiridas sobre planeamento e análise de sistemas de informação aos sistemas de planeamento e controlo da produção: na identificação e especificação dos seus requisitos, na selecção e avaliação de aplicações informáticas, na implementação de aplicações informáticas.
  • Aplicar os métodos de engenharia e os princípios das ciências de gestão no projecto, organização e gestão de sistemas produtivos nas empresas de bens e de serviços e reconhecer e integrar a interdisciplinaridade das áreas, modelos e métodos estudados, sendo capaz de definir estratégias e desenvolver e elaborar programas em consonância, planeando os meios necessários para o eficaz funcionamento de toda a cadeia de abastecimento.
  • Aplicar os métodos de engenharia e os princípios das ciências de gestão no projecto, organização e gestão de sistemas produtivos nas empresas de bens e de serviços e reconhecer e integrar a interdisciplinaridade das áreas, modelos e métodos estudados, sendo capaz de definir estratégias e desenvolver e elaborar programas em consonância, planeando os meios necessários para o eficaz funcionamento de toda a cadeia de abastecimento.
  • Conhecer, desenvolver e aplicar os conhecimentos teóricos, baseados no pensamento construtivo, de maneira a projectar, planear e implementar sistemas produtivos, completos ou parciais, técnica e economicamente viáveis, numa atitude prospectiva e estratégica; ser capaz de integrar os meios de produção de forma a simplificar e melhorar o sistema operativo e saber como medir o desempenho desse mesmo sistema.
  • Ser capaz de mapear, analisar e optimizar processos, ser capaz de identificar oportunidades de redução de custos e melhorias de nível de serviço, desenvolver estratégias para implementar alterações, conhecer e utilizar ferramentas práticas para melhorar o desempenho, ou seja, de desenvolver competências para a reorganização dos processos das empresas, no sentido de aumento de competitividade;
  • Reconhecer e integrar a interdisciplinaridade das áreas, modelos e métodos estudados e ser capaz de definir estratégias de produção e desenvolver e elaborar programas em consonância, planeando os meios necessários para o eficaz funcionamento de toda a cadeia de abastecimento. 

Saídas Profissionais

  • Empresas industriais ou de serviços, de grande, média ou pequena dimensão e em diferentes setores;
  • Análise e otimização de processos;
  • Gestão industrial e gestão de operações;
  • Planeamento e gestão da produção, planeamento e gestão de materiais, aprovisionamento e gestão de inventário, transportes e distribuição;
  • Avaliação e gestão de projetos;
  • Projeto de instalações, projeto de implantações, projeto e organização de sistemas produtivos;
  • Ergonomia;
  • Higiene e segurança industriais;
  • Qualidade total e consultadoria, entre outras.

Acesso

Regime normal por via do Concurso Nacional


Condições de Acesso
Provas de Ingresso:
(07) Física e Química
(16) Matemática

Condições Mínimas
Nota de Candidatura: 95 pontos
Provas de Ingresso: 95 pontos

Sugere-se a consulta do Website de acesso ao ensino superior da Direção Geral do Ensino Superior:
http://www.dges.mctes.pt/DGES/pt/Estudantes/Acesso/FormasdeAcesso/

Outros regimes previstos na lei:

  • Concursos Especiais: Maiores de 23 anos, Titulares de cursos superiores, médios e diplomas de especialização tecnológica;
  • Reingressos, mudanças de curso e transferências;
  • Regimes especiais.

Candidaturas: https://portal.ipp.pt/destaques/prnoticias.aspx

Regime: Diurno
Duração da Formação: 6 Semestres
Grau Conferido: Licenciatura

Propina: 950€ / Ano
Pagamento de Propinas:

Numa única prestação no ato da inscrição/matrícula ou em 10 prestações:

1.ª - 10% no ato da matrícula/inscrição
2.ª - 10% até 30 de outubro;
3.ª - 10% até 30 de novembro;
4.ª - 10% até 30 de janeiro;
5.ª - 10% até 28 de fevereiro;
6.ª - 10% até 30 de março;
7.ª - 10% até 30 de abril;
8.ª - 10% até 30 de maio;
9.ª - 10% até 30 de junho;
10.ª - 10% até 30 de julho.

Plano de estudos

1.º Ano

Unidade Curricular Tipologia ECTS
Análise Estruturação de Informação e Sistematização A Anual 10
Cálculo I A Anual 9
Comunicação e Organização Industrial Anual 9
Projecto Interdisciplinar I Anual 14
Física Geral A 1.º Semestre 5
Electrónica A 1.º Semestre 5
Termodinâmica A 2.º Semestre 3
Física Mecânica A 2.º Semestre 5

IMPRIMIR

Avaliação/Acreditação

Estado da Acreditação: Acreditado

Período da Acreditação: 1 ano

Data da Publicação: 10-02-2015

Deliberação da A3ES

Parcerias com empresas

No âmbito da Licenciatura em Engenharia e Gestão Industrial (LEGI) foram estabelecidas inúmeras parcerias, que abrangem protocolos firmados não só com o tecido empresarial da região como com instituições internacionais, que a seguir se elencam:

Empresas
Amorim e Irmãos, SA Cabelte Holding Arcozelo Continental Mabor, Indústria de Pneus S.A.
Dorel Portugal - Artigos para Bébé, Lda. Duvalli Mattress Ticking Fricon - Frigocon, S.A.
J. Moreira da Silva & Filhos S.A. Kaizen Institute Portugal LIDERGRAF - Artes Gráficas, SA
Manuel Lopes Curval & Filhos, Lda. Nanium, S.A. Paupério Distribuição, Lda.
Polisport Plásticos, S.A. Rangel Transitários, S. A. SILAMPOS - Sociedade Industrial de Louça Metálica Campos, S.A.
SNA Europe [Industries], Lda. SOTOCAL - Sociedade Torrefactora de Cafés Angola, Lda Toyota Caetano Portugal, S.A.
Vilnius Gediminas Technical University (Lituânia) University of Byalistok (Polónia) Cukurova University (Turquia)
Vilnius Gediminas Technical University (Lituânia) Alytaus Kolegija University (Lituânia) Universidad de Salamanca (Espanha)
Universidad de Vigo (Espanha) Universidad de Leon (Espanha) Universitat Politecnica de Catalunya (Espanha)
Universidade de Las Palmas (Espanha) Saxion Hogescholen University (Holanda) Politecnico de Torino (Itália)
Università di Pisa (Itália) Lodz University Technology, International Faculty of Enginering (Polónia) STEF Portugal

Nota: Informa-se que as empresas interessadas em desenvolver parcerias com a LEGI ou que sejam detentoras de oportunidades de emprego potencialmente dirigidas aos alunos desta Licenciatura, poderão enviar informação diretamente para a Coordenadora da LEGI.

Autenticação

Utilize as mesmas credenciais de acesso ao Portal Académico